• 22 de junho de 2022

Terceiro suspeito de homicídio é preso em Caçador

A Polícia Civil, por meio do Setor de Investigação e Capturas da Comarca de Caçador, deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva de um homem de 20 anos suspeito da prática de crime de homicídio.

O crime ocorreu na noite de domingo, 19, quando três homens teriam ateado fogo na vítima que estava em um container, localizado na rua Irmão Guido Gabriel, na Vila Paraíso, em Caçador. Na ocasião, policiais militares capturaram dois suspeitos, os quais tiveram a prisão em flagrante ratificada pelo delegado plantonista.

Após a prisão, representou-se pela prisão preventiva dos supostos autores e após parecer favorável do Ministério Público e deferimento da prisão pelo Poder Judiciário, os policiais civis da Delegacia de Polícia da Comarca de Caçador deram cumprimento ao mandado de prisão do terceiro suspeito, o qual foi encaminhado ao Presídio de Caçador onde ficará à disposição da Justiça.

Segundo o delegado Adriano Delfino Moreira, todos os envolvidos viviam em situação de rua e têm passagens pela polícia por crimes como furto e posse de drogas. A motivação do homicídio está sendo apurada. Em depoimento, um dos suspeitos confessou a participação no crime. Já os outros dois ficaram em silêncio.

Vítima foi reconhecida por tatuagens

Segundo a Polícia Científica, a vítima do homicídio é Cedimar Antunes de Oliveira, natural de Matos Costa, que já esteve detido no Presídio Regional de Caçador e foi identificado por tatuagens.

Os peritos irão encaminhar material para exame de arcada dentária ou DNA para ter 100% de certeza, pois as digitais estavam consumidas. A Secretaria de Assistência Social de Caçador está tentando localizar familiares da vítima para liberar o corpo para sepultamento.

A causa da morte também ainda não foi confirmada.

Fonte: Rádio Videira

Fique ligado nos conteúdos!

Receba atualizações, dicas, artigos e conteúdos especiais com prioridade!

Anuncie sua Empresa

Contrate uma assinatura e publique um selo para anúncio*