• 5 de maio de 2021

‘Nossa caminhada tinha tudo pra ser longa’, diz marido após morte de Paulo Gustavo

A morte de Paulo Gustavo causou comoção de milhares de pessoas entre a noite desta terça e a madrugada desta quarta (5). O ator, de 42 anos, lutava há mais de um mês contra a Covid-19, mas não resistiu às complicações do vírus e morreu na noite de terça-feira (4) pouco depois das 21h, no Rio de Janeiro.

Assim como outros amigos de Paulo, o marido dele, Thales Bretas, usou as redes sociais para, na medida do possível, prestar sua homenagem e tentar expressar a dor do luto.

“Ainda é muito difícil processar tudo o que aconteceu nos últimos dias. Nossa caminhada tinha tudo pra ser longa! Linda como vinha sendo tão feliz! E foi muito! Como fui feliz nesses últimos 7 anos que tive o privilégio de conviver com você! Como eu aprendi, cresci! Espero poder passar um pouco do seu legado de generosidade, afeto, alegria e amor. Você é um furacão! Uma estrela que brilhou muito aqui na Terra, e vai brilhar ainda mais no céu, olhando pela nossa família sempre! Eu te amo tanto… e sempre te amarei, pro resto da minha vida! Não consigo escrever um centésimo do quanto você foi e é importante pra mim e pro mundo. E continuará sendo, eternamente”, disse no perfil que mantém no Instagram.

Amigos, familiares e personalidades consolaram Thales nos comentários e enviaram mensagens de carinho, como a atriz Bruna Marquezine: “Thales, eu sinto muito, muito! Sigo orando por vocês! Deus está com você e nós também”.

A apresentadora Adriane Galisteu também se manifestou: “meus mais profundos sentimentos e todo o meu amor”.

O ator Marcos Veras, amigo de Paulo Gustavo, expressou solidariedade à família. “força, amigo! Mais ainda. Te amo e amo sua família. E to aqui. Tudo triste! Tudo novo! Mas tudo renascimento”, escreveu.

Relembre o caso

Paulo Gustavo morreu na noite desta terça-feira (4), vítima de Covid-19. Ele estava internado no Rio de Janeiro há quase dois meses. A morte foi confirmada pela equipe médica por volta das 21h10.

Em nota, a assessoria lembrou que “em todos os momentos de sua internação, tanto o paciente quanto os seus familiares e amigos próximos tiveram condutas irretocáveis, transmitindo confiança na equipe médica e nos demais profissionais que participaram de seu tratamento.”

A nota finaliza reforçando que “a equipe profissional que participou de seu tratamento está profundamente consternada e solidária ao sofrimento de todos”.

Fonte: ND Mais