• 23 de julho de 2022

Justiça suspende ato de destituição do PROS em SC; entenda

O juiz Yannick Caubet, da 5ª. Vara Cível de Florianópolis, suspendeu o ato de destituição do Diretório Estadual do PROS em Santa Catarina, executada pelo Diretório Nacional a 15 de março de 2022, levantando todos os atos perpetrados pela Comissão Executiva Provisória.

Determinou, também, o restabelecimento do Diretório Estadual  anterior, com vigência entre 24 de fevereiro de 2022 a 24 de fevereiro de 204, sob pena de multa diária de R$ 5.000,00.

Com a decisão judicial, fica destituída a Executiva Provisória presidida pelo advogado Jeferson Rocha.

Surgem, também, dúvidas sobre a nominata aprovada para concorrer ao Governo e outros cargos eletivos.

O Defensor Público Estadual, Ralf Zimmer Junior, anunciou que o Diretório Nacional deverá entrar com recurso para revogar a decisão.

O ex-presidente Euclides Pereira Neto está enviando mensagem aos filiados sobre a recuperação do cargo.

Leia a íntegra:

“Prezados: Sou Euclides Pereira Neto, recuperei por meio de liminar a Presidência Estadual do Pros em SC e respectivamente todo o diretório estadual. O Diretório Nacional sofreu mudanças através de ação judicial no mês de março de 2022, com isso o Presidente Marcos Vinicius de Holanda, teria destituído o Diretório Estadual em 15/03/2022, apesar da vigência final ser 24/02/2024, substituindo assim o Diretório eleito, por uma Comissão Executiva Provisória, fato este que fere o estatuto do Partido e o devido processo legal. A justiça determinou ainda, a suspensão de todos os atos perpetrados pela Comissão Executiva Provisória nomeada em substituição daquele órgão definitivo, até o desfecho da demanda. Atenciosamente,Euclides Pereira Neto.”

Fonte: ND Mais

Fique ligado nos conteúdos!

Receba atualizações, dicas, artigos e conteúdos especiais com prioridade!

Anuncie sua Empresa

Contrate uma assinatura e publique um selo para anúncio*