• 25 de julho de 2022

Jornalista é encontrado morto ao lado de automóvel incendiado

O corpo do jornalista e radialista Paulo Ricardo Ferreira, de idade não informada, foi encontrado ao lado de um automóvel incendiado, na tarde deste domingo, dia 24, no Parque de Exposições, no bairro Piedade, em Canoinhas, no Norte catarinense.

Segundo o site Canoinhas Online, o cadáver apresentava sinais claros de violência, com ferimentos nas costas e crânio.

A guarnição da Polícia Militar foi acionada por volta das 14h30, para atender um incêndio em veículo no local. Ao chegar nos fundos do último barracão do parque, paralelo ao córrego, se depararam com um veículo Voyage em chamas, sem placas, com a frente colidida, dentro de uma vala. A pouco metros de distância do carro, havia o homem já sem vida.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a vítima não apresentava sinais de queimadura, porém, mas possuía contusões na região das costas e ferimentos lacerantes na cabeça.

O corpo foi recolhido pela Polícia Científica e encaminhado ao Instituto Médico Legal, onde a família fez o reconhecimento. A Polícia Civil está investigando o caso, porém, até o momento não tem pistas sobre o caso.

Foto: PM

Carreira

Paulinho, como era conhecido, tinha 34 anos, era Comunicador Social habilitado em Rádio, TV e Internet, Especialista em Direção pelo Instituto UOL e MBA em Gestão de Excelência pela Universidade do Contestado.

Membro colaborador da Acaert (Associação Catarinense de Rádio e Televisão) tinha ampla experiência no mercado editorial com passagem pela chefia de redação dos Jornais Diário do Planalto e Ótimo.

Atualmente, além de coordenar o Portal Você Notícias, coordenava a Rádio UnC FM e era colunista do Jornal Correio do Norte. Em Três Barras, Paulinho Ferreira, trabalhava como assessor na Câmara de Vereadores.

Fonte: Rádio Videira

Fique ligado nos conteúdos!

Receba atualizações, dicas, artigos e conteúdos especiais com prioridade!

Anuncie sua Empresa

Contrate uma assinatura e publique um selo para anúncio*