• 22 de novembro de 2022

Comunidade cobra instalação do IML em Videira

A falta de um local na cidade de Videira para a realização de necropsias pela Polícia Científica, antigo IGP, tem sido motivo de cobranças frequentes. Antigamente, os exames cadavéricos eram feitos em uma sala cedida pela Unoesc Videira, porém há aproximadamente dois anos a parceria foi descontinuada. Hoje, as perícias são realizadas no IML de Joaçaba ou Campos Novos.

Um exemplo do transtorno causado por conta de um local adequado que atenda Videira e municípios vizinhos foi o falecimento de um caminhoneiro na tarde da quinta-feira (17). Ele morreu em um acidente na rodovia SC-135 em Pinheiro Preto ao pegar carona no caminhão de um conhecido. O corpo da vítima precisou ser levado para necropcia no IML em Joaçaba. O falecimento ocorreu por volta das 16h3o e o corpo só foi liberado aos familiares para o velório no dia seguinte, mais de 20 horas depois.

Um familiar, que preferiu não se identificar, relatou ser extremamente triste e doloroso ter que esperar por várias horas para a liberação do corpo para a celebração de despedida. Ele questiona o imenso transtorno causado em um momento de total fragilidade de uma família.

A reportagem do RBV Notícias entrou em contato com a assessoria de comunicação da Polícia Científica de Santa Catarina, antigo IGP, órgão responsável pelo IML. Por meio de nota, fomos informados de que o projeto da nova sede da Polícia Científica de Videira já foi elaborado. A empresa contratada também já teve o projeto aprovado nos respectivos órgãos competentes. Agora, a empresa está finalizando o orçamento para iniciar efetivamente a obra. Conforme o setor de obras da Polícia Científica, com o orçamento em mãos a  Polícia Científica poderá fazer a licitação para a execução da obra. 

Já o diretor da Polícia Científica de Videira, o médico Legista Carlos Winck, afirma que há mais de um ano busca-se a viabilização dessa obra, que será instalada na sede da antiga Secretaria de Desenvolvimento Regional, localizada às margens da rodovia SC-355. 

A classe médica e política também está se mobilizando para a viabilização. Uma reunião está sendo agendada com o governador eleito Jorginho Mello para pedir agilidade na implantação do IML em Videira.

O médico Jorge Antônio Lopes de Oliveira, ex-candidato a deputado estadual, atual presidente da executiva do PL de Videira, garantiu que a situação já foi levada ao governador eleito Jorginho Mello, e juntamente com políticos da região estarão reunidos nos próximos dias na capital para discutir a situação e buscar uma solução.

*Matéria completa no link abaixo

Fonte: Rádio Videira

Fique ligado nos conteúdos!

Receba atualizações, dicas, artigos e conteúdos especiais com prioridade!

Anuncie sua Empresa

Contrate uma assinatura e publique um selo para anúncio*